27 de novembro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
20/08/21 às 17h37 - Atualizado em 25/08/21 às 17h02

Reforma dá novo visual à Praça das Motos, no Sudoeste

COMPARTILHAR

AGÊNCIA BRASÍLIA* | EDIÇÃO: ROSUALDO RODRIGUES

Quem passa pela Praça  das Motos, localizada na QMSW 4, conjunto A do Sudoeste, percebe que o espaço está mudado. O novo visual é resultado de trabalho da equipe da Administração Regional, com apoio da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) e parceria de motociclistas, comerciantes e moradores do Setor de Oficinas.

O ponto de encontro dos motociclistas ganhou pintura nova no piso, bancos e calçadas, instalação de mesas,  recuperação e ampliação de calçadas, podas, rampas de acessibilidade e recuo para contêineres. O objetivo da obra foi trazer mais vida ao espaço, para que os motociclistas possam, nos fins de semana, usufruir do local de maneira mais segura.

Com a reforma, o espaço também passa a se chamar oficialmente de Praça das Motos | Foto: Administração Sudoeste/Octogonal

De acordo com a administradora regional do Sudoeste/Octogonal, Tereza Canal, a Praça das Motos é um espaço que estava há mais de 20 anos sem manutenção. “A praça estava precisando dessa reforma, pois se tornou ponto de encontro de motociclistas não só do Sudoeste, mas de vários lugares de Brasília”, afirma.

Para Sergio da Cunha, proprietário de uma oficina no setor, a reforma ficou espetacular. “Hoje é um dia muito feliz para nós do Setor de Oficinas. Frequentar a praça é um momento muito descontraído para todos. Ela estava  realmente abandonada e com ajuda de todos fizemos essa maravilha que hoje se chamará oficialmente Praça das Motos. É fabuloso esse espaço dedicado aos motociclistas”, elogia.

O novo espaço ganhou também a aprovação dos motociclistas. “Melhor impossível”, diz Marco Antônio Portinho. Ele enfatiza a consideração do local para motociclistas. “É o maior encontro semanal do Brasil. Tem sábados que nós chegamos a reunir 3 mil motociclistas e triciclistas aqui. Então, você vê a importância que esse espaço tem pra nós”.

Já Ezequias Cardoso, um dos fundadores da Praça da Motos, relembrou como tudo começou. “Nós descemos pra cá e pensamos: ‘Por que não começamos a nos reunir aqui. Criamos um grupo no WhatsApp que está ativo até hoje e nos encontramos semanalmente aqui”, contou.

*Com informações da Administração Regional do Sudoeste/Octogonal

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros